21 fevereiro 2016

As coisas que se podem ver numa estação dos comboios

Um casalinho muito jovem chega à plataforma. Ficam ali uns segundos e logo começam aos beijos. Sôfregos. Com muita língua e mexer de cabeça à mistura. Do tipo endoscópico, pautado pela total ausência de pudor que caracteriza aquelas idades.

Apesar dos olhares de reprovação dos restantes passageiros, sinto alguma empatia. As despedidas nunca são fáceis. Eu sei. Mas eis que a sessão de "comes" termina e cada um segue o seu caminho separado... para os respectivos wc's. Aahhh, eeerrr, bem, não deixam de ter alguma razão. Nunca se sabe quando é que uma caganeira se revela fatal. Podia ter sido o último beijo daquelas almas.

Fiquem tranquilos. Não foi. Voltou cada um dos seus afazeres para mais uma fausta refeição na plataforma, de onde seguiram, de mãos dadas, para fora da estação.

10 comentários:

  1. Ahhhh a juventude....essa malta fantástica.

    (not)

    (o (not) é o que diz a velha ranhosa)

    (mas se usa o (not) então não é assim tão velha)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a juventude... essa malta adepta do TMI (too much information), neste caso visual.

      (viste eu a disfarçar a minha idade também com aquele tmi?)

      (velhos são os trapos, pah, nós somos experientes :p)

      Eliminar
    2. Ahahaha, gosto ainda mais dessa!

      Eliminar
  2. Os beijos repenicados e demasiado audíveis, aquele barulho da saliva a fazer bolhinhas, aquele "chuif" no final de cada virar de cabeça... que romântic... NÃO! NÃO É ROMÂNTICO! É ODIOSO! NOJENTO! DEMASIADO ÍNTIMO para ser partilhado em frente a estranhos! Arranjem um quarto!

    Odeio demonstrações públicas de afecto, mas acho que não se nota.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Notar? O quê? Onde? Eu não notei nada! ;)

      (Estes beijos estavam quase na categoria pornográfica. Bocas escancaradas, línguas gladiadoras... um deleite para a vista, portanto)

      Eliminar
  3. Eu acho piada. E se se papassem no wc ainda mais piada acharia :P

    ResponderEliminar
  4. ahhh... a badalhoquice adolescente. Saudades :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As explosões de hormonas sem hora nem local marcado... :)

      Eliminar